DIRETORIA   ESTATUTO   REGIMENTO   POLÍTICA DO SITE   FALE CONOSCO   ESPAÇO CIDADÃO  
   
   
PRINCIPAL
INSTITUCIONAL
JURÍDICO
NOTÍCIAS
ARTIGOS
MÍDIA OFICIAL
GALERIA DE FOTOS
PRESTAÇÃO DE CONTAS
ESPAÇO DO ASSOCIADO
APOSENTADORIA ESPECIAL
AOJUS RESPONDE
REAJUSTE SALARIAL
AGENDA
CURSOS
ENQUETES
ASSOCIE-SE
RECADASTRAMENTO
VOTAÇÕES
CONVÊNIOS
LINKS
MAPA DO SITE
ESPAÇO CIDADÃO
CAMPANHAS
 
SENADO REALIZA CONSULTA PÚBLICA SOBRE PL QUE PROPÕE PRIVATIZAÇÃO DO SERVIÇO DE EXECUÇÃO: VOTE “NÃO”!

Segunda-feira, 02 de dezembro de 2019.

O Senado Federal, através do portal e-cidadania, realiza consulta pública sobre o Projeto de Lei nº 6204/2019, que dispõe sobre a desjudicialização da execução civil de título executivo judicial ou extrajudicial e altera o Código de Processo Civil.
 
A proposta, apresentada pela senadora Soraya Thronicke (PSL/MS), determina que o tabelião de protesto terá o cargo de “Agente de Execução” com atribuições exclusivas dos Oficiais de Justiça, tais como a localização na base de dados para a localização do devedor e patrimônio, efetuar citação, penhora e avaliação de bens; realizar atos de expropriação, extinguir ou suspender a execução, entre outras.
 
Na justificativa, a senadora afirma que o objetivo é “simplificar e desburocratizar a execução de títulos executivos civis, e, por conseguinte, alavancar a economia do Brasil”, através de um novo sistema normativo, “mas já suficientemente experimentado com êxito no direito estrangeiro”.
 
A Fenassojaf chama a atenção dos Oficiais de Justiça para mais esta tramitação que coloca em risco a atividade e conclama todo o segmento a votar NÃO ao PL 6204/19. “Não podemos permitir que os Oficiais de Justiça, servidores devidamente concursados e preparados para o cumprimento das execuções, sejam substituídos por outra categoria que, com o mesmo mérito, não foram aprovados em concurso para o exercício dessa função. Os Oficiais de Justiça merecem reconhecimento e respeito por parte daqueles que elaboram as leis”, enfatiza o presidente Neemias Ramos Freire.
 
A Fenassojaf e Fesojus encaminharão Nota Conjunta de Repúdio ao gabinete da senadora Soraya Thronicke.
 
 
Fonte: Fenassojaf


0 comentário(s) |